Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, MACAU, cohab, Homem, de 56 a 65 anos, Portuguese, English, Livros, Música, animais
Outro -



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Getúlio Moura
 Tião Maia
 Márcio Katombo
 Blog de Macau


 
Macau News - Jovanil Lima


 CRIMES DE TRÂNSITO - POR QUE TANTA LENIÊNCIA?

Se as Leis são de difícil compreesão as vezes até para os entendidos, imagine para um leigo como eu. Vejamos o caso das Leis de Trânsito, especialmente no que diz respeito à "Lei Seca". Todos os dias temos notícias de acidentes, atropelamentos e mortes, provocados por motoristas bêbados. Teria a famosa"Lei Seca" perdido a validade? Não, é que as Leis de Trânsito são mesmo lenientes. Quase sempre os crimes de trânsito, mesmo quando cometidos por pessoas que ingeriram bebida alcoólica, são considerados crimes culposos (quando não há intenção de matar ), o que dá uma pena bem menor do que se fosse considerado crime doloso. Ora, aquele que vai dirigir depois de beber, assume o risco de provocar acidente e matar, portanto seus crimes ao volante são dolosos, sim. Mas sejam dolosos ou culposos, as penalidades para os crimes de trânsito são sempre muito brandas. É claro que isso incentiva os potenciais ciminosos de trânsito.  Ainda somos obrigados a ver absurdos  como cidadãos visivelmente embriagados , se recusarem a fazer o teste de "bafômetro", ir à Delegacia, prestar depoimento e ser liberado! Essa recusa em fazer o teste de "bafômetro" é totalmente incompreensível para mim. Mas é constitucional, dizem os entendidos. Agora, se um homem se recusa a fazer o exame de DNA, para comprovação de paternidade, a Justiça presume que ele seja o pai e é considerado como tal. Porque não se aplica o mesmo princípio à motoristas cuja embriaguez é evidente?

 



Escrito por Jovanil Lima às 13h37
[] [envie esta mensagem] []



IMPREVISTOS

O que são?

Ora, se soubéssemos poderíamos prevê-los, evitá-los e aí já não seriam mais imprevistos. Mas, numa definição talvez imprecisa e incorreta, poderíamos dizer que imprevistos são fatos e/ou ocorrências totalmente inesperados e inevitáveis. Não se sabe como, onde ou como ocorrerão. O pessoal das CIPAS - Campanhas de Prevenção de Acidentes - diz que não existe acidente imprevisível. Discordo, mas não vou discutir isso aqui. Até porque seria uma discussão longa e estéril, na minha modesta opinião.

É verdade que os homens conseguem prever muitas coisas: eclipses, se vai chover ou fazer sol, etc. Mas e os terremotos, tsunames, erupções vulcânicas? Não dá, não é? Olhemos a nossa volta. De repente  o mundo parece virar "de cabeça para baixo". Países e homens anoitecem ricos e amanhecem pobres, pedindo ajuda. Embora muito mais raramente, o contrário também acontece, isto é, um pobre pode enriquecer repentinamente. Mesmo a morte, que é a única certeza que temos, quase sempre nos surpreende. É comum dizer-se que nunca estamos preparados para ela. Para os entes queridos que ficam, então... Nem os mais espiritualizados conseguem evitar o choque. Mas também a vida nos surpreende. É a gravidez que chega de surpresa, apesar de todos os cuidados e planejamento dos casais. É a vida que chega e se estabelece, sem pedir licença, tal qual a morte. São atribuições únicas e exclusivas de Deus. Em que pese a evidência dos imprevistos, não devemos ser imprevidentes, esquecendo de nos planejarmos minimamente. Temos que fazer a nossa parte, isto é, o que tiver ao nosso alcance e deixar que Deus nos dê a resposta mais adequada, de acordo com Sua Divina  Vontade.

 

 

 



Escrito por Jovanil Lima às 10h09
[] [envie esta mensagem] []



NADA MUDOU

Como dizia a letra daquele rockinho dos anos oitenta. Aqui no nosso Rio Grande do Norte quase nada mudou mesmo. No Governo do Estado, continua a predominância das velhas oligarquias e/ou seus aliados. Na Assembléia Legislativa, as mesmíssimas e carimbadas figuras, com um índice muito baixo de renovação. Ídem, ídem  para as representações do Rio Grande do Norte, na Câmara dos Deputados e no Senado. Culpa dos eleitos ou reeleitos? A maior culpa é de quem os elegeu. Mas nem tudo está perdido. A eleição de Dra. Rosalba para Governadora, nos permite ter esperança de dias melhores, considerandomsua inquestionável experiência e inatacável história de vida pública. Ampliando o foco para o nível nacional, é lamentável a falta de discernimento, de informação ou conciência, de grande parte do eleitorado brasileiro ao eleger tantos candidatos comprovadamente "fichas sujas" e até palhaço sem nenhuma condição de representar o povo. Depois não se diga que o Congresso Nacional não é feito de homens sérios

Bem, mas vem aí o segundo turno. Como, para Presidente, são apenas dois nomes, supõe-se que a escolha seja mais fácil. Embora sem muita esperança, torcemos para que a opção seja pela experiência, competência, democracia e liberdade de imprensa. Liberdade esta, que permite a um simples blogueiro manifestar sua opinião livremente e de forma responsável. Esperamos também que o Presidente da República tenha neste segundo turno um comportamento adequado, isto é, condizente com o cargo que ocupa.



Escrito por Jovanil Lima às 11h02
[] [envie esta mensagem] []



MEU MESTRE

Eu tive um mestre. Um grande mestre. Ele não ere "formado"; não cursou pedagogia; não concluíu o ensino médio, não fez sequer o curso fundamental. Na verdade era semi-analfabeto. Mas sabia ler e lia um pouquinho, embora com dificuldade. Gostava de ler, principalmente a Bíblia, de onde tirou as grandes lições que me repassou. Esse meu mestre era um homem muito pobre, um simples agricultor, mas as lições que com ele aprendi, nem a melhor Universidade do mundo seria capaz de me ensinar. Ele não ensinava tanto com palavras, mas com exemplos. Sua vida inteira foi para mim o melhor exemplo de retidão, ética e fraternidade. Não só acreditava piamente nesses valores, mas os praticava em sua vida diária. E os ensinava. Se, hoje, já dando os primeiros passos na velhice, consigo dormir em paz, com a consciência tranquilo, devo isso, devo isso ao meu grande mestre. Esse homem de quem falo, esse grande mestre, era meu pai. ERA meu pai... é tão estranho falar dele assim, usando os verbos no passado! É que ainda é tudo tão recente, não faz nem um ano que ele foi transferido para a outra dimensão, que as vezes minha mente se recusa a aceitar essa realidade. Não sei se é ilusão ou necessidade de auto-consolação, mas tenho a nítida impressão de que ele pode me ver, me ouvir. Talvez até saiba da minha luta cotidiana, neste planeta Terra. Embora não possa vê-lo, sinto sua presença tão forte, tão benéfica...

 

"O amor tem tantos significados, que todos os dias descobrimos que ele significa tudo"



Escrito por Jovanil Lima às 10h08
[] [envie esta mensagem] []



FICHA SUJA, FICHA LIMPA, CADASTRO POSITIVO...

Todo cidadão que por algum motivo deixe de honrar seus compromissos, isto é, de pagar suas contas, é automaticamente incluído na lista dos maus pagadores, a famosa lista negra. Mas deveria haver também um cadastro positivo, ou seja , dos bons pagadores, em que as pessoas poderia se inscrever e, caso fossem aprovadas, ter aí seus nomes incluídos. Do mesmo modo que ter o nome na lista negativa prejudica as pessoas, tê-lo numa lista de bons pagadores, poderia beneficiá-las, inclusive com juros mais baixos, já que os riscos de um calote seriam menores. (Parece que existe algo nesse sentido tramitando no Congresso). Os bons pagadores poderiam ainda se beneficiar com mais facilidades para pagamentos de tributos como IPVA e muitos outros.

Também deveria haver uma pontuação positiva para bons motoristas. Já não se pontua negativamente os infratores, punindo-os financeiramente e até com suspensão ou cassação de suas habilitações? Pois bem, o motorista que não cometesse infração num determinado período, deveria receber um estímulo na forma de redução ou dispensa da taxa de renovação de sua habilitação. Algumas seguradoras adotam preços diferenciados em suas apólices, tendo como um dos critérios a idade do motorista.. Supõem que os riscos de um motorista mais jovem se envolver em um acidente é bem maior que um outro de mais idade. Quanto maior o risco, maior o custo. Simples assim.

Tudo que aqui foi dito, pode ser perfeitamente aplicado à políticos limpos e honestos (se é que existem), facilitando assim o registro de suas candidaturas. Aliás, por que será que é tão mais difícil destituir um político do poder do que elegê-lo? Fica no ar, a pergunta.

Parece esdrúxulo sugerir prêmio ou recompensa para quem age corretamente, m as neste País de tantas transgressões às Leis, de tanto jeitinho, isso não deveria ser tão estranho assim. Infelizmente.

"Os políticos são iguais em toda parte. Promentem ponte até onde não existe rio."

 



Escrito por Jovanil Lima às 15h52
[] [envie esta mensagem] []



HORÁRIO DE VERÃO - UM MAL DESNECESSÁRIO

Como tudo que é empurrado goela abaixo, isto é, imposto à população pelas autoridades, este famigerado horário de verão, desegrada a maioria do povo brasileiro. É realmente um transtorno - desnecessário - diga-se de passagem. Ou você acha que uns meros três ou quatro por cento de economia no consumo de energia elétrica justificam tamanho sofrimento? Os estudiosos do assunto são unânime em afirmar que alterações brúscas nos horários de dormir e acordar, realmente causam danos à saúde. Mas, e daí? Quem impõe um sacrifício desses à população, está se lixando pra saúde e bem-estar da mesma. Não se dá sequer ao trabalho de fazer uma pesquisa, porque sabe que a maioria do povo não aprova tal medida. O horário de verão não afeta apenas as pessoas que vivem nos estados abrangidos pelo mesmo. Atinge todo o Brasil, já que bancos, empresas aéreas e emissoras de televisão, obrigatoriamente seguem esse horário. Na verdade, o horário de verão não é nenhuma novidade. Já vigorou há muitos anos atrás. Muita gente não se lembra mais e outros ainda nem haviam nascidos. Quando se pensava que estávamos livres desse tormento, eis que o governo Sarney o ressucita. Desde então, nenhum Presidente da República teve a coragem ou sensibilidade para acabar com esse maldito horário. Em momentos de crise energética ou racionamento de energia, medida como esta é perfeitamente aceitável. Não é o caso. Nossa eletricidade é quase toda produzida usinas hidrelétricas e nossos reservatórios estão todos com capacidade acima dos 50%. Então nada justifica mesmo esse horário de verão.

 

"Num mundo de injustos, quem clama por justiça é considerado louco".

 

 

 



Escrito por Jovanil Lima às 16h36
[] [envie esta mensagem] []



SAÚDE PÚBLICA - O MODELO MOSSORÓ

Não, não se trata de um sistema perfeito ou ideal. Isso não existe no Brasil. O que estamos querendo dizer, é que Mossoró tem uma das melhores, senão a melhor assitência médica (pública) do Rio Grande do Norte. Digo isso com conhecimento de causa, pois sou dependente e usuário constante da súde pública. Já morei em várias cidades do estado e conheço muito bem a assistência médica dessas cidades. Naturalmente, não vou aqui citar nomes nem de cidades nem de seus administradores. Isso não levaria a nada. Mas justiça seja feita: em termos de saúde pública, os mossoroenses são privilegiados. Talvez por ser administrada por uma pessoa da área, a verdade é que em Mossoró, a municipalização da saúde, funciona. E funciona bem. Quase tudo que falo aqui, tem como referências a UBS "Francisco Pereira de Azevedo" e UPA - Alto São Manoel, Unidades estas que uso frequentemente, em função da minha idade e saúde fragilizada. Mas não falo apenas por mim. Pacientes em geral, e em especial idosos como eu, são tratados com muito respeito, dignidade e até com carinho. Isso significa muito para um idoso ou qualquer um que precise de assistência médica. Até porque a grnde maioria da clientela das UBSs e UPAs, são pessoas carentes, sem condições de bancar os dispendiosos planos de saúde privados. Para encerrar esta mensagem, deixamos aqui nossos agradecimentos a todos os que fazem a UBS "Francisco Pereira de Azevedo", especialmente à Dra. Patrícia, Erbênia, Maria Luíza e Marcílio. Obrigado a todos.

"A Melhor maneira de ser feliz é contribuir para a felicidade alheia."

Desconhecido.



Escrito por Jovanil Lima às 11h40
[] [envie esta mensagem] []



SORRIA, VOCÊ ESTÁ SENDO FILMADO!

Muita gente não acha a menor graça, não tem a menor vontade de sorrir, diante dessas palavrinhas, vistas em certos ambientes. Na verdade, é um tanto constrangedor, ser focalizado por câmeras contra a nossa vontade. Os adversários desse sistema "Big Brother", alegam invasão de privacidade. Mas, como quase tudo na vida, há prós e contra. Não há como negar que as câmeras de segurança têm evitado inúmeros crimes, além de facilitar a captura de muitos criminosos, retirando-os do convívio social. Então eu acho que, em nome da segurança, o uso cada vez mais difundido dessas câmeras é largamente compensador. Naturalmente,´há que se ter bom-senso no uso dessa tecnologia. Em banheiros e consultórios médicos, por exemplo, isso jamais deve ser admitido. Afinal de contas, as previsões de George Owell, em seu famoso "l984", estão longe de se cumprirem. Ainda bem! A tenologia existe para nosso conforto, lazer e segurança. Então por que não tirar o máximo proveito disso? Afinal, se você não anda fazendo nada de errado, não tem porque temer ser filmado. Quanto aos ciminosos, eu digo que bandido bom é bandido morto ou preso. Este texto, com algumas pequenas modificações, foi a nossa redação para o Vestibular 2010, da UFRN, e que nos proporcionou uma nota acima do esperado.

 

"O fracasso ensina ao homem algo que ele precisava aprender."

Desconhecido.

 



Escrito por Jovanil Lima às 10h34
[] [envie esta mensagem] []



ECOS DE BRASÍLIA

 

O povo de Brasília acaba de nos dá dois exemplos; um bom e um ruim. O ruim, foi eleger para Deputado Distrital, e em seguida, para Governador do Distrito Federal, um político com o histórico do senhor José Roberto Arruda. Seu lamentável comportamento no não tão distante episódio de violação do painel eletrônico do Senado, já seria mais do suficiente para baní-lo da vida pública.  Infelizmente, não foi o que aconteceu. Não satisfeito em elegê-lo Deputado Distrital, o povo brasiliense ainda o conduziu ao governo do Distrito Federal. Quando da violação do painel eletrônico do Senado, o senhor Arruda foi flagrado mentindo descaradamente. Em seguida, para não ser cassado e perder os direitos políticos (elegibilidade), renunciou ao mandato de Senador, posando de vítima. Deu no que deu. Agora, com o escândalo dito "mensalão do DEM", caiu a ficha. O povo, principalmente os estudantes, está cheio de indignação, sentindo na pele as consequências de uma escolha errada. Isso é o exemplo do que NÃO deveríamos fazer, mas infelizmente é o que muitos fazem. Agora o bom exemplo: a indignação e a onda de manifestações/protestos que tomam conta de Brasília. O povo quer o afastamento não só do Governador, mas de todos os envolvidos no chamado mensalão do DEM. A Justiça também tem tido um desempenho que nos enche de orgulho e esperança. É claro que não se pode condenar ninguém sem que lhe seja dado o direito de defesa. Isso é a Lei. Mas as imagens... as imagens falam por si, embora o Presidente Lula, "pra variar" tenha dito o contrário.

 

" A absolvição do culpado é a condenação do juiz."

Desconhecido.



Escrito por Jovanil Lima às 11h58
[] [envie esta mensagem] []



O TEMPO

É corrente (e recorrente) a expressão: "eu era feliz e não sabia". Isso pode até ser um lugar-comum, mas é verdade. De fato, no exato momento da felicidade, parece que nos dá um branco, uma crise de amnésia, que nos tira a consciência daquele momento. De repente, é como se despertássemos de um sonho, caímos na real e pensamos um tanto melancolicamente: eu era feliz e não sabia. Ataulfo Alves expressou isso de forma magistral em sua canção "Meus Tempos de Criança". Nossos tempos de criança continuam pela vida afora, marcados pelos momentos de felicidade não percebidos. É o emprego perdido, talvez por negligência; os filhos que cresceram depressa demais; a juventude cada vez mais distante - o tempo voa - dizemos. Ah, o tempo! Dizem que ele é o remédio para tudo (isso passa com o tempo). Não é não. Melhor é está permanentemente atento, para perceber (e viver) a felicidade no momento em que ela aparece, aqui, agora. Amanhã será outro dia e pode ser tarde. Você está com o amor da sua vida? Viva intensamente esse amor. Tem filho ou filhos pequenos? Aprovete ao máximo esse momento único. Tem boa saúde? Viva com toda alegria esse bem maior. E os problemas, devem ser ignorados? É evidente que não, mas eles existem para ser resolvidos, e é na sua solução que entramos no processo de crescimento.

 

"Os impossíveis dos homens são possíves para Deus"

Desconhecido.



Escrito por Jovanil Lima às 02h10
[] [envie esta mensagem] []



 

 

COHAB, UMA ESPERANÇA RENASCE.

 

Depois de muitos anos e vários presidentes de Conselho Comunitário, a comunidade da COHAB volta a ter esperança de dias melhores. É que nosso velho e bom amigo INÁCIO MARIANO, tendo como vice o popularísmo MÁCIO KATOMBO, voltou a presidência do Conselho Comunitário. Digo voltou, porque é a segunda vez que ele se elege para esse cargo. Aliás, de todos os presidentes que por aqui passaram, apenas dois fizeram um trabalho realmente sério em prol desta comunidade: o próprio INÁCIO e TOINHO(popular Toinho do Conselho). Entre outras coisas, INÁCIO trouxe para a COHAB, as Secções Eleitorais e promoveu o esporte como ninguém nesta comunidade. MÁRCIO é outro valoroso companheiro, que não mede esforço para trabalhar pela COHAB, com sua alegria de sempre. Tenho plena convicção de que esta segunda gestão de INÁCIO será melhor do que a primeira, haja vista a maturidade e experiência que ele tem hoje, e que não tinha no primeiro mandato. Digo mais: na minha modésta opinião, um líder comunitário pode (e deve) trabalhar pela sua comunidade, sem, necessariamente, ficar mendigando nada a prefeito ou político. Claro, ajuda é sempre bem-vinda, mas não a qualquer preço, como normalmente pensam os políticos. Vale lembrar que políticas comunitárias e partidárias são coisas bem diferentes. Quem esquecer esta regrinha básica e misturar as coisas, haverá de pagar o preço por isso. INÁCIO e MÁRCIO, boa sorte pra vocês, companheiros. Tenho certeza que vocês não vão nos decepcionar.

 

Um abração do amigo,

Jovanil.

 



Escrito por Jovanil Lima às 09h19
[] [envie esta mensagem] []



SAUDADE DE UM GRANDE AMIGO

Mais do que um grande amigo, ele foi meu pai; mais do que meu pai, ele foi meu modelo de homem. Foi um exemplo de decência e dignidade. Foram exatos oitenta anos e seis meses de vida nesta Terra, de convivência conosco. Muito tempo? Não. Para nós, seus filhos e para todos aqueles que privaram da sua amizade, foi pouco. Queríamos mais, queríamos que ele ainda estivesse aqui, conosco. Mas contra  os desígnios de Deus, não há o que discutir, o que reclamar nem se opor. Estamos aqui única e exclusivamente pela graça de Deus. ELE, que nos deu a vida, pode tirá-la quando bem lhe aprouver. A nós, cabe apenas aceitar sua vontade, com humildade. O maior legado que meu pai nos deixou, foi a firme convicção de que vale a pena viver sob os princípios da dignidade, honestidade e fraternidade. Ele criou seus vinte seis filhos, numa pobreza quase extrema, mas nunca nos faltou o alimento material de cada dia. Também não nos faltou o alimento espiritual nem a noção clara de caráter e dignidade. Nenhum de seus filhos se desviou para o caminho das drogas ou criminalidade. Isso, por sí só, já faz dele um herói. Este texto, é uma pequena homenagem a ele, pelo dia dos pais, por todos os dias que ele viveu conosco, por tudo que ele nos deu e nos ensinou. Só faz três dias que ele partiu... e partiu meu coração! Que fazer com tanta saudade, tanta dor? Gostaria de escrever mais; tanta coisa ainda tenho a dizer, mas fica pra depois. No momento, não dá.

 

 



Escrito por Jovanil Lima às 09h36
[] [envie esta mensagem] []



L E T A R G I A

A paciência e a tolerância do povo brasileiro, a capacidade de suportar o insuportável, é tida como uma coisa boa, uma qualidade admirável. O brasileiro é um povo pacífico, dizem uns, com certo orgulho. Acho que há um equívoco nesse modo de pensar. Deveríamos nos indignar mais e tolerar menos o comportamento de nossos homens e mulheres públicos. Será que vamos passar a vida inteira apanhando em silêncio, como carneiro no matadouro? Todo dia surge um escândalo novo nos poderes legislativos, executivos e até no judiciário, e a gente nessa passividade assombrosa... ninguém grita, ninguém sai às ruas, não se vê mais caras-pintadas, nada. Parece que fomos tomados de uma letargia coletiva, que nos imobiliza a todos. São milhares morrendo nos corredores de hospitais, por falta de assistência médica; outros morrem nas ruas, em suas próprias residências, por falta de segurança pública. Entra governo e sai governo(em todos os níveis), e nada muda. Ou melhor, muda, sempre para pior. O governo sempre alega falta de recursos para corrigir a crônica e tremenda injustiça contra aposentados e pensionistas; para a saúde e segurança pública, mas acintosamente, anuncia que tem dez bilhões de Reais para emprestar ao FMI, à Venezuela. Também não falta dinheiro para refinanciar, por longos anos, dívidas de Prefeituras, que foram contraídas por prefeitos irresponsáveis. Há dinheiro para financiar ONGs desonestas e grupos bandidos, como o MST. Recolher contribuições de funcionários e não repassá-las ao INSS, é apropriação indébita, é roubo. Não se tem notícia de que algum prefeito foi preso por isso, mas suas prefeituras são agora beneficiadas por longos e generosos refinanciamentos de suas dívidas. Isso não quebra o INSS. Justiça aos aposentados e pensionistas, sim. O MST, todos sabem, é um grupo de bandidos, que usa o dinheiro do governo para infernizar a vida de muita gente, inclusive do próprio governo. Chega de baderna; chega de desrespeito, de impunidade! Acordemos, protestemos!



Escrito por Jovanil Lima às 18h37
[] [envie esta mensagem] []



ABRAÇO DE AMIGOS(SEM PRECONCEITO)

O preconceito é um câncer que envenena as relações humanas e destroi a paz entre os povos. No Brasil, o mais comum é se falar em preconceito de cor, mas infelizmente existem inúmeros outros. Para ficar só em alguns exemplos:preconceito religioso, contra homossexuais, contra pobre, contra idoso, contra nordestino, e por aí vai. O mundo seria tão melhor sem preconceito! Sei que o que escrevo é óbvio demais, é "chover no molhado", como se diz. Mas o ser humano é tão teimoso, insiste em comportamentos tão evidentemente inadequados, que não resistí a tentação de escrever um pouquinho sobre isso. Muitos de nós já foi vítima, alguma vez na vida, de algum tipo de preconceito. Mesmo que você seja rico, é provável que já tenha sido discriminado em um ambiente onde predominavam outros mais ricos que você. Se você é pobre, negro ou homossexual, então nem se fala! É verdade que hoje existem Leis que proíbem, punem qualquer tipo de preconceitos, mas essas Leis não os estirpam do seio da sociedade; eles permanecem entranhados entre nós, ainda que disfarçados das mais diversas formas.  Pode me chamar de tolo quem quiser, mas fico encantado, olhando a foto desses dois cachorrinhos se abraçando(o branco é meu). Eles nunca tinham se visto antes, no entanto, tão logo se encontraram, começaram a brincar imediatamente, feito duas crianças. E esse abraço entre preto e branco, além de simbólico, é uma verdadeira declaração de amizade sem preconceito. Bom se nós humanos pudéssemos imitar um pouquinho os cachorros, não?

"A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás, mas só pode ser vivida plenamente, olhando-se para frente"

Soren Kierkegaard.

 



Escrito por Jovanil Lima às 11h28
[] [envie esta mensagem] []



A MÃE DE QUEM?

A minha, a sua, a nossa. O ser humano tem na figura materna a pessoa mais importante de sua vida. Não é para menos. Muito antes de virmos ao mundo, ela já nos cercava de todo amor, carinho e cuidados. E quando aqui aportamos, onde fomos buscar nosso primeiro alimento? No doce seio de nossa mãe, é claro! Crescemos, nos tornamos adulto e ela continua nos amando e nos tratando como se ainda fóssemos criança, para o desespero de alguns e embevecimento de outros. Muito provavelmente alguns irão considerar este texto piegas. Que o façam! Não ligo à mínima. O que eu quero hoje é homenagear a mulher mais importante da minha vida. E na figura da minha mãe e da mãe dos meus filhos, torno esta homenagem extensiva à todas as mães de Macau e do Brasil. E do mundo. O amor materno é tão sublime, que até Jesus Cristo experimentou a doçura desse sentimento. E vale salientar: mãe não é só aquela que dá a luz, mas toda mulher que dá carinho, amor e proteção aquele pequenino ser que todos nós fomos um dia. Quem tem a sua mãe, aprovete o máximo, esta dádiva divina. Eu, eu que perdí a minha em plena adolescência, quase cinquenta anos depois, ainda sinto sua falta. Como sinto!

 



Escrito por Jovanil Lima às 11h48
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]